Better Call Saul 4ª Temporada - É Tudo Biscoito

Breaking

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Better Call Saul 4ª Temporada


Jimmy McGill cada vez mais Saul Goodman nessa fantástica temporada de Better Call Saul, a série continua tão boa quanto Breaking Bad em todos os quesitos, direção, produção, atuação, roteiro, é algo que me surpreendeu muito para um spin off.

A série, que mostra o passado do advogado Saul Goodman antes de se tornar aquele canastra de BB tem uma estrutura similar a saga de Walter White se tornando Heisenberg, com a diferença que Jimmy sempre foi Saul em seu coração, e sua luta para tentar ser uma pessoa melhor e quebrar a cara é muito impactante. 


A terceira temporada terminou num dos momentos mais fortes da série com a morte do seu irmão Chuck, a 4ª temporada inicia com um Jimmy McGill apático, pensando friamente nos seus próximos passos, enquanto sua melhor amiga/namorada Kim Wexler trás um peso mais emocional, e a relação conturbada ganha dimensões maiores do que nunca em alguns dos melhores momentos da série toda, já que sabemos que a personagem Kim não aparece em Breaking Bad, a tentativa dos dois em fazer o relacionamento dar certo é de apertar o coração.


No começo temos um foco maior nas tramas ao redor do personagem, eu particularmente sempre achei elas o ponto fraco da série, toda a parte dos criminosos da cidade parece uma série separada sobre o passado do mundo de Breaking Bad, não ajuda muito quem viu a série mãe já saber o final, porém a saga de Mike tentando criar o laboratório de Gus Fring na lavanderia, que futuramente será o laboratório de Walter White tem um desenvolvimento mais divertido, principalmente no desfecho, que cria uma tensão interessante para o personagem Mike.



O ponto forte mesmo é a saga de Jimmy, trazendo muitos momentos divertidos como os planos para vender celulares para bandidos, Kim se mostrando tão criativa quando seu amigo para resolver os problemas, Jimmy tentando tirar um amigo da prisão, tudo isso bem amarrado com uma estética impecável, planos abertos e sequencias longas com diálogos afiados são o grande charme aqui, tirando uma outra cena na escuridão sem muito motivo e as sub tramas um pouco rasas e arrastadas demais, a 4ª temporada de Better Call Saul é uma das melhores coisas desse ano!

Nenhum comentário:

Postar um comentário