Saga, por Brian K. Vaughan e Fiona Staples - É Tudo Biscoito

Breaking

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Saga, por Brian K. Vaughan e Fiona Staples



Há pouco tempo atrás me deparei com uma HQ de aventura sci fi que parecia ser bem bobinha, a história é meio que um Romeu e Julieta onde dois amantes de lugares opostos precisam enfrentar o mundo a sua volta para poderem ficar juntos... o twist dessa história? Cada um é uma raça alienígena diferente, em uma guerra eterna pelas estrelas, e para ficarem juntos eles precisam enfrentar a fúria de exércitos, caçadores de recompensa e todos os perigos escondidos pela imensidão do universo!

Saga tem como escritor Vaughan, de Y O último Homem, e os desenhos e cores maravilhosos da Fiona Staples, que criam um universo que une fantasia e ficção cientifica de um jeito excelente, a grande vantagem das HQs nesse tipo de história, nas histórias bem contadas claro, é que você leitor insere um pouco do que você imagina dentro da historia, o movimento das coisas, os sons, e torna a experiência de ler um dos volumes dessa HQ extremamente gratificantes.


Nesse post estou me focando no primeiro volume, que nos conta um pouco sobre o passado dos personagens e do universo, temos Marko um nativo da lua Wreath com chifres na cabeça e diversas habilidades especiais sempre na manga e Alana, que possui pequenas asas nas costas, logo no começo da historia ela está dando à luz a filha dos dois, que do futuro, narra toda a historia.


O interessante aqui é a forma como pouco a pouco vamos conhecendo as regras, a união dos dois é vista como uma bizarrice por ambos os lados, e lodgo um malvado príncipe robô manda caçadores de recompensa atrás dos dois, assim que nasce a criança já vê um bocado de morte, correria e destruição. A história é toda contada pela filha dos protagonistas, mas a gente não sabe como ela está, ou se todo mundo está bem nesse futuro, então essa narrativa consegue ser intrigante e ainda adiciona pitadas ótimas de humor.


O grande trunfo dessa história é não se focar na guerra em si, mas nas relações das pessoas, na criação de todo o universo, toda a narrativa do primeiro volume gira em torno de Alana e Marko tentando fugir do arrasado planeta onde estão até a floresta dos foguetes, onde um foguete arvore magico pode tirar eles da-li, mas essa aventura é um ponta pé pra conhecer as diferentes facções, personagens carismáticos como o caçador de recomensa ‘O Querer’, e muitos outros detalhes que vou deixar pra você descobrir lendo.  


Alías, vale citar, pra não pegar ninguém desprevenido, que a hq tem um teor bem adulto, violência, sexo, e toda a crueldade de um universo em guerra.



Saga está fácil de encontrar nas comic shops por ai a fora, tem ação, reviravoltas, e tudo pra fazer você mergulhar nesse universo, altamente recomendado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário