ÉTB Indica: Doc Martin - É Tudo Biscoito

Breaking

quinta-feira, 23 de abril de 2020

ÉTB Indica: Doc Martin


Particularmente eu não sou o tipo de pessoa que acompanha muitas séries, mas de tempos em tempos procuro alguma pra acompanhar e há tempos atrás eu encontrei aleatoriamente zapeando pelo Netflix uma série inglesa chamada Doc Martin, com uma breve descrição sobre um médico com medo de sangue que ia morar num pequeno vilarejo pesqueiro na Inglaterra, e eles só tinham a 8ª temporada dessa série, mas por algum motivo eu comecei a ver, e me apaixonar em seguida.

A série é um drama que segue as desventuras do Doutor Martin Ellingham, um brilhante cirurgião em Londres que acaba desenvolvendo fobia de sangue, o que o obriga a parar com as cirurgias e procurar outro emprego, o que nos leva ao vilarejo de Portween, onde Martin passava os verões com sua tia quando era criança. Ele vai trabalhar como clinico geral por lá e encontra pessoas difíceis e muitas situações inesperadas pelo caminho.



Doc Martin tem muitos elementos deliciosos, o mais básico é claro a narrativa de "série de medico", onde ele precisa resolver algum estranho novo caso, misturado com séries de mistérios, onde sempre tem alguma coisa que vai ser necessária descobrir para saber qual será o diagnostico. Outra coisa é o típico humor inglês com muito humor negro e piadas bem encaixadas no momento certo.

Mas o principal são os personagens e a vila, o Doutor Martin é bruto e direto, ele odeia conversinhas, não tem um pingo de paciência e não se preocupa com os sentimentos dos pacientes ao dar os diagnósticos, criando situações hilárias, se você já viu Good Doctor, pode imaginar Martin como um Shawn adulto. Os coadjuvantes também são adoráveis, Louisa é a professora local por quem Martin acaba de apaixonando de tendo um filho, Sally é uma farmacêutica maluca que acha que tem uma doença sempre e é maluca pelo Doutor, Joe Penhale é um policial inocente que tem grandes sonhos nessa cidade pequena, são atores maravilhosos e participações especiais inesperadas como da Sigourney Weaver (a Ripley de Alien) e Conleth Hill (e Lord Varys de Game of Thrones).


Porém a cidadezinha de Portween é por quem eu mais me apaixonei, aquela natureza, as ruas pequenas, cada take da série é uma pintura, mostrando a vida local onde todo mundo meio que se conhece, rola muita fofoca, e uma vida simples mas que ao mesmo tempo ao longo dos anos passados na série (ela começou em 2004 e segue até hoje) vai ganhando ares de tecnologia e mostrando como ela chega a esses lugares. É tudo mostrado de um jeito tão bonito que encanta. Outra coisa legal também é que a série tenta ser bem educativa mesmo mostrando os causos mais estranhos, eles sempre explicam muito bem as doenças (todas reais), suas causas, o que fazer, o que não fazer, tem muito o que se aprender acompanhando e rindo com os episódios.



Bom, Doc Martin tem apenas a 8ª e a 9ª temporada disponíveis na Netflix, mas eu recomendo altamente começar por ai mesmo, é um drama gostoso de acompanhar que se você gosta de séries parecidas e está acostumado com séries ingleses com certeza vai gostar também. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário