Os Incriveis 2 e nem toda sequencia precisa ser melhor que o original - É Tudo Biscoito

Breaking

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Os Incriveis 2 e nem toda sequencia precisa ser melhor que o original


Depois de muito tempo eu finalmente assisti Os Incríveis 2, e vendo filme eu percebi que provavelmente demorei tanto pelo meu medo do filme não superar as expectativas. É que o primeiro longa de 2004 foi um filme marcante pra mim, uma das primeiras vezes que podia ir ao cinema, a família toda, e todo o hype de ser um filme de super herói.


Lembrem que no inicio dos anos 2000 não existia essa variedade e qualidade de filmes de herói nos cinemas, nem de longe, eu sempre fui um fã apaixonado por quadrinhos, era minha fonte numero 1 de leitura, e Os Incríveis era uma experiencia única na época, o filme brinca com todos os elementos do super herói, a identidade secreta, os clichês, as capas, referencias diretas aos melhores quadrinhos já feitos cof cof Watchmen cof cof  e as sequencias maravilhosas de ação que só a animação podia fazer. Além de tudo isso o filme era cheio de personagens carismáticos e uma sub trama importante sobre a família e o amor. 


Dai vinha o medo, hoje em dia temos tudo isso de um jeito que eu nunca imaginei que teria, são dezenas de filmes de super herói, e por incrível que pareça, a grande maioria deles são ótimos, então tantos anos depois talvez Os Incríveis 2 não tivesse nada de importante pra adicionar a trama, algo que ligasse os fãs de longa data e os pivetes apaixonados por quadrinhos como eu que não tinham outras opções em outras mídias. 

E... é, o filme realmente não tem tanto pra adicionar, com o cenário atual nos cinemas e na cultura pop como um todo, mais um filme de herói é basicamente mais um filme de herói, mesmo que venha da Pixar, a sequencia não tem um enredo marcante, não consegue mais fazer referencias tão boas quanto o anterior e acaba sendo, para a maioria do publico, meio esquecível no meio de tantas produções sendo lançadas a cada 3 meses (pense nisso, é verdade). Mas dai eu estava assistindo o filme, e pensando "mas ele precisa mesmo ser melhor ou mesmo tão bom quanto o primeiro?".


Os Incriveis 2 é um filme com um coração gigante, minha parte favorita dele foi o plot com o Beto Pera cuidando dos filhos enquanto a Helena tentava trazer os heróis de volta, eles pegaram a trama menor do filme anterior e trouxeram para o primeiro plano, o desenvolvimento é rápido sim, mas é bem relacionável, divertido e faz o final, onde as crianças precisam salvar os pais, ser mais emocionante e potencializa a sequencia final de ação onde finalmente vemos todos eles usando seus poderes.



Então sim, o filme é divertido, aquela hora gostosa que passa rápido e deixa um sorriso ao fim, nem tô falando só da primorosa animação e trilha sonora (e dublagem também, sensacional) mas do longa como um todo, ele não precisa ser melhor que o anterior, nem sei se tem como, mas não precisa, eu gostei de ter um pouquinho mais daqueles personagens num contexto que faz sentido, que evolui eles pra coisas ainda mais legais. Do mesmo jeito que eu gosto de Batman Cavaleiro das Trevas Ressurge, mesmo que seja inferior ao anterior, é o mais aventureiro e "massa veio" dos 3, eu gosto do Mad Max 3 pelo lado do heroísmo e as sequencias de ação, etc e tal.

O que eu quero dizer é que sequencias não precisam ser melhores do que os originais, e não devíamos nem esperar que fosse ou reclamar quando não forem, vamos só aproveitar e curtir um pouco mais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário