(Des)encanto | Review - É Tudo Biscoito

Breaking

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

(Des)encanto | Review


Matt Groening, de Os Simpsons e Futurama, retornou aos desenhos animados pela Netflix com este que eu considero meio que um retorno ao tipo de programa de TV que a gente sempre assiste se tiver passando porque é legal, mas nada tão especial assim.

Pra quem não conhece a sinopse, o desenho conta as historias da princesa Bean, que precisa fugir de um casamento arranjado e só quer fazer o que considera divertido, como cerveja, sexo, drogas e festas. Um demonio pequeno demonio, Luci, é enviado para vigiar ela em uma missão secreta que uma sub-trama que permeia toda a série, e ela se encontra também com um Elfo chamado Elfo, que se cansou da vida feliz na sua vila (que é tipo a vila dos Smurfs) e quer conhecer a pobreza do mundo real.


Esse trio apresenta uma pequena linha narrativa que é o que tenta fazer o espectador maratonar pela Netflix, mas isso só serve mesmo pra criar um gancho legal no fim da temporada, o forte mesmo estão nos episódios soltos, com historinhas meio bobas com piadinhas legais que você pode curtir sem pretensão.


Os personagens são muito familiares pra você que conhece Futurama ou Os Simpsons, e o estilo de humor baseado em sátiras está todo aqui. O maior problema mesmo é que o desenho nunca vai muito além pra aproveitar o cenário de fantasia. Se Futurama faz comédia sobre seu futuro, tecnologias coisa e tal, e Os Simpsons fazem piadas sobre a vida do Americano médio, Desencanto fica muito mais superficial, com piadas fáceis sobre a pobreza do povo medieval e uma ou outra referência a historias de fantasia ou seres mágicos como os Elfos ou o conto de João e Maria.


A série brilha porém com os personagens, eles são todos bem carismáticos, nunca chatos de mais ou exagerados demais, acho que acertaram bem na medida não dá pra reclamar. A produção também é incrivel, a qualidade da animação está igual aos episodios atuais de Os Simpsons, todos bem animados, bem coloridos, e usando um pouco de 3D pra dar uma valorizada maior nos cenarios. 


Por mais que Desencanto e sua Terra dos Sonhos não crie um mundo tão divertido e profundo quanto Springfield ou Nova Nova York, não deixa de ser uma série bem divertida pra acompanhar de vez em quando e desligar a mente um pouco, pra terminar fica aqui minha maior recomendação se você realmente quiser dar algumas risadas, assista dublado, foi um trabalho impressionante da equipe para colocar diversos memes e frases clássicas da nossa cultura nas mais diversas situações, tudo se encaixa bem demais, é aquela coisa, ver a mesma cena em inglês não tem nem 1/3 da graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário