Samantha! | Review - É Tudo Biscoito

Breaking

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Samantha! | Review

Samantha! é a primeira sitcom nacional da Netflix e é um acerto em cheio! Que série gostosa de acompanhar e que sabe falar com o publico brasileiro que cresceu assistindo TV desde os anos 80/90!


A série abraça praticamente todas as possibilidades de fazer piada com o universo das celebridades de TV, sub celebridades, as tentativas das pessoas de voltar a fama do passado, os conflitos da modernidade, são muitas e muitas pequenas tramas que brincam com tudo o que a Sonia Abrãao apresenta falando sério no seu programa. 


Na trama Samantha, vivida pela incrível Emanuelle Araújo (e também por Duda Gonçalves em sua versão criança) já foi uma grande estrela mirim, uma mistura de Xuxa, Bozo e Maisa, porém depois do boom do seu programa nos anos 80 nunca mais fez nada relevante, e acompanhamos no começo da série sua tentativa de revival e todos os problemas que ela vai enfrentar como os seguidores da internet, reality shows, programas de gosto duvidoso, um ex-marido ex-jogador do Flamengo que acabou de sair da cadeia, e seus dois filhos os quais ela faz de tudo pra cuidar bem, mesmo tendo uma personalidade muito forte cheia de amor próprio.



A Netflix é famosa por brincar com a nostalgia em suas séries originais, não é diferente aqui, mas a criação de Felipe Braga consegue falar diretamente com o coração de quem viveu essa época com muita inteligencia, são muitas referências a cultura pop televisiva como facas em bonecos de estrelas, Vinis tocados ao contrario, propagandas de cigarro em programa infantil e muito mais, o melhor é que nada disso é de largado na tela de graça, tudo é muito bem contextualizado e faz parte da trama do episodio em questão. Além de brincar com as grandes diferenças entre a protagonista e os tempos modernos, o melhor exemplo disso é o modo como ela acha normal tudo o que acontecia naquele tempo (tipo bullying) e o contraste de seus filhos, seguidores de digital influencers e engajados em temas como feminismo e até campanhas para salvar as abelhas.


O mais legal dessa série pra mim é o carisma de todos os personagens e os atores, a série não tem medo de fazer piadas bobinhas e simples pra dar leveza a uma trama que, nas entrelinhas, tem temas complicados se quiser se aprofundar algum dia, o maior destaque é a protagonista, Samantha é uma mulher muito egoísta cheia de planos pra se dar bem em cima dos outros, até irritante, mas a série apresenta tão bem o porque dela ser do jeito que é, e como ela acaba tentando ajudar (mesmo que acabe ganhando algo no final) que você não se importa com isso, e acaba se interessando cada vez mais por saber como ela vai dar a volta por cima em cada situação.


A série tem 7 episódios, conta com um elenco excelente, e um humor bem moderno, nada de sitcom no estilo "claque de risadas" não, tem uma historia boa pra contar com um ritmo excelente que cada episodio acaba rapidinho, não fica enrolando demais em nenhum momento, a formula é simples e o gancho no final é de rolar de rir pela sacada genial com nosso Brasa. Deu pra ver que eu gostei bastante, mas vai lá sem medo e aproveite!


Ah verdade, gente a música que fizeram para o programa dentro da série é simplesmente um chiclete gigante, não diga que não avisei xD

Nenhum comentário:

Postar um comentário